outubro 08, 2017

correndo riscos

Lisboa, e o seu Chiado, serão sempre assim para mim, um preto e branco em dia de sol. E tu como sempre, com poder de me deixar sem palavras.

Como eu gosto deste cinzento.

Correndo riscos aceitei o convite.

O teu sorriso só tem par na beleza do cenário. 

Noutra vida, tu serias perfeita na minha Lisboa. 

Correndo riscos, é certo.

Ou talvez não.

"encruzilhada, como nós"

"cultura rica"

"és religiosa"

"ponto de encontro"

"a nossa janela"

"recanto para um beijo?"

"um mimo"





14 comentários:

  1. Tuas as fotografias? Muito boas... Esta cidade é tão bela, como é que conseguimos ter e manter uma capital assim? A nossa melancolia e amor (e respeito pelo) ao passado sempre servem para alguma coisa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anouk sim, são fotos minhas. Faz mais de 10 anos era louco por fotografia, retratos sobretudo, tinha a minha a Nikon, e fiz alguns cursos breves para aprender o básico. Infelizmente a máquina avariou, vieram os filhos, e os cenários reduziram... Ainda sonho, e vou concretizar, adquirir nova máquina, e continuar este fantástico hobby. Até lá, brinco com filtros do telemóvel...
      Mas para mim, que amo Lisboa, será sempre assim a sua cor, preto e branco em dia de sol, que dá um cinza claro que amo.
      Quando ao resto... São intermitentes loucuras.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Literalmente pelo Topo :) que saudades do meu Chiado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta.
      Lisboa e o seu Chiado serão sempre uma grande paixão.
      E há sempre recantos por descobrir :)

      Eliminar
  3. Encantas-me Miguel!!!! Imensamente tocante. Deixaste-me melancólica pela capital.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Vânia :)
      Se melancólica no teu caso for bom já estou feliz.
      O meu cinzento do Chiado é algo que amo, um dia vamos lá? Acho que gostaria de partilhar de viva voz :)
      Obrigado, beijinhos

      Eliminar
    2. É melancolia da boa, que nos faz querer voltar. Vamos! :)))
      Beijinhos.

      Eliminar
  4. Corre riscos, muito bem!
    Bonito post.

    Boa semana, Miguel, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Flor :)

      Sempre controlados :)

      Beijinhos e boa semana ;)

      Eliminar
  5. Lisboa

    Alguém diz com lentidão:
    “Lisboa, sabes…”
    Eu sei. É uma rapariga
    descalça e leve,
    um vento súbito e claro
    nos cabelos,
    algumas rugas finas
    a espreitar-lhe os olhos,
    a solidão aberta
    nos lábios e nos dedos,
    descendo degraus
    e degraus e degraus até ao rio.Eu sei. E tu, sabias?

    Eugénio de Andrade, in Até Amanhã, 1956

    Parece-me que as suas imagens e palavras fazem um casamento feliz e harmonioso com as do Mestre.

    Olá Miguel. Gostei muito deste seu último post. Lindo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Misty ;)

      Podes trocar o "seu" pelo "teu", sempre fico menos velho...

      Obrigado :)))

      Eliminar