outubro 08, 2017

correndo riscos

Lisboa, e o seu Chiado, serão sempre assim para mim, um preto e branco em dia de sol. E tu como sempre, com poder de me deixar sem palavras.

Como eu gosto deste cinzento.

Correndo riscos aceitei o convite.

O teu sorriso só tem par na beleza do cenário. 

Noutra vida, tu serias perfeita na minha Lisboa. 

Correndo riscos, é certo.

Ou talvez não.

"encruzilhada, como nós"

"cultura rica"

"és religiosa"

"ponto de encontro"

"a nossa janela"

"recanto para um beijo?"

"um mimo"





outubro 04, 2017

poesia pura

©Conlin Finlay
Rwanda 1994


- Não sei fazer poesia, sinto-me ridículo, exposto. Gosto de ler. Mas aquilo tem regras, não gosto de regras a escrever.
- Não sabes fazer poesia? Não tens reparado nos teus filhos... O que achas que são? Serão sempre o teu melhor poema.

As crianças serão, provavelmente, o melhor poema do Homem. É preciso que o Homem o saiba.

outubro 03, 2017

dourado

marmeleiro de jardim
Cydonia Oblonga


Não escondo a minha alegria no dourado que já se vê, as folhas que já caem, as pêras e maçãs que já se desprenderam das árvores, os marmelos, bem amarelos, maduros a pedir apanha. É o Outono. O frio já se anuncia de noite, não tarda o toque final na pintura que é o cheiro das castanhas. Já apetece ficar agarrado ao caderno, a juntar letras, adjectivos, sonhos e ficções. É o Outono, e faltas tu a dividir a manta.
Esta tela de dourado só encontra par na cor de ouro das areias do deserto. Ali encontrei a minha finitude, tão pequeno como qualquer um dos milhares de milhões de grãos de areia. Um somatório de minúsculos que formam um gigante. E não é isso que somos no mundo, minúsculos mas essenciais ao todo. Não é amigo este mar dourado, é seco a mostrar a minha pequenez, confronta-me com os meus medos. É algo que já me fazia falta, ver e medir as minhas falhas. Curiosamente não fez sonhar, não fez tomar decisões. Esse poder em mim só o gigante azul, só o mar tem o poder de me fazer sonhar. O mar e tu.

setembro 21, 2017

bibliotecário


Meus caros senhores
e senhoras,

estou incumbido de uma difícil missão. Tenho de ajudar uma instituição, e neste caso, foi-me pedido que criasse uma pequena biblioteca com 100 livros, neste fase indicando quais os títulos que deverão constar.

Assim sendo, muito grato ficarei se cada um de vós me indicar 3 livros que considerem indispensáveis em qualquer biblioteca. Se alguém quiser indicar mais títulos, pois será um prazer.

Antecipadamente grato, este vosso amigo leitor.